Automedicação e a importância da consulta médica

Publicado em 10 de março de 2021

Automedicação é o ato de tomar remédios por conta própria, sem orientação médica. Muitas vezes as pessoas decidem se automedicar como uma forma de solução para o alívio imediato de alguns sintomas, porém isso pode gerar consequências e riscos à sua própria saúde. 

Tomar remédios sem uma prescrição médica pode contribuir para o agravamento de doenças, já que os medicamentos podem esconder sintomas e dificultar o diagnóstico de um problema de saúde. Além disso, também pode causar efeitos colaterais e agravar ainda mais a situação. 

Segundo dados da Fundação Oswaldo Cruz, a principal causa de intoxicação no Brasil é por uso de medicamentos, seguido de alimentos estragados, agrotóxicos e produtos de limpeza.  

Analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios representam as classes de medicamentos que mais intoxicam. Pensando nisso, a Anvisa preparou uma cartilha com orientações sobre uso de medicamentos. 

Por que as pessoas se automedicam? 

Um dos grandes motivos que levam as pessoas a se automedicarem é a dificuldade em conseguir marcar uma consulta médica, seja através de um sistema de saúde público ou privado. Por isso, muitas pessoas acabam se precipitando e indo até uma farmácia comprar remédios por conta própria, na tentativa de aliviar o desconforto que está sentindo. 

A variedade de medicamentos e a quantidade excessiva de propaganda na televisão incentivam a automedicação, uma vez que gera a sensação de que é fácil adquirir um remédio que irá resolver uma dor ou qualquer outro sintoma de maneira rápida. 

A grande variedade de informações médicas disponíveis na internet através de sites, blog e redes sociais, também contribuem para o uso de medicamentos sem prescrição médica, pois as pessoas tendem a achar que sabem identificar a causa e a solução do problema que está passando. 

Por fim, a falta de programas educativos e a falta de regulamentação e fiscalização mais severa de quem comercializa medicamentos, facilitam ainda mais o acesso para que um paciente se automedique. 

A variedade de remédios e propaganda incentivam a automedicação

Os perigos da automedicação 

Como mencionamos anteriormente, o uso de medicamento por conta própria pode mascarar sintomas e dificultar ainda mais um profissional da saúde de identificar a real origem do problema, além de dificultar a ação do remédio ideal para dar sequência ao tratamento. 

 O uso de remédios sem prescrição médica também pode gerar efeitos adversos sérios a saúde, tais como: 

  • Alergia 
  • Intoxicação 
  • Gastrite e úlcera 
  • Sobrecarga do fígado e dos rins 
  • Hemorragia
  • Alteração do batimento cardíaco
  • Aumento ou diminuição da pressão arterial
  • Outros

No caso do uso constante de antibióticos ou seu uso em alta dosagem por conta da automedicação, pode levar ao desenvolvimento de superbactériasjá que vírus e bactérias ficam mais resistentes e os antibióticos começam a ter menos efeitos. Justamente por esse motivo, tornou-se proibido a venda de antibióticos sem receita médica. 

Alguns medicamentos como analgésicos, ansiolíticos ou antidepressivos, podem causar dependência e levar à necessidade de doses cada vez maiores para atingir o mesmo objetivo. Consequentemente, podem sobrecarregar algum órgão pelo uso excessivo do remédio e até mesmo desenvolver outros problemas de saúde em decorrência da automedicação. 

Em casos de gravidez e amamentação, o uso de remédios pode prejudicar o desenvolvimento do bebê, causando má formação do feto ou até mesmo gerar problemas nos rins, além do desenvolvimento de outras doenças no período de amamentação. 

Fazer uma consulta médica é essencial para ter o melhor diagnóstico

importância da consulta médica 

Ter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas contribuem para ter uma vida mais saudável e, consequentemente, ter menos problemas de saúde. No entanto, para garantir que sua saúde esteja em dia, é necessário fazer um check-up anual de exames. 

Realizar uma rotina de exames periódicos possibilita a descoberta precoce de determinadas doenças, e aumenta as chances de sucesso em um possível tratamento. Além disso, estar sempre em contato com algum médico de confiança evita o uso de medicamentos desnecessários que podem gerar riscos a sua saúde. 

Em casos de gravidez, o acompanhamento de um obstetra e demais profissionais de saúde aumentam as chances para um desenvolvimento da gestão tanto para a mãe quanto para a criança. 

Se você está pensando em cuidar da sua saúde e bem-estar por um preço acessível, a Multimed é a sua solução. Com a Multimed, você consegue marcar consultas e exames em instituições reconhecidas por um preço justo.  

Garanta o cuidado que você merece e tenha acesso a uma rede credenciada de clínicas, laboratórios e farmácias. Para isso, é só entrar em contato com a Multimed. 

Compartilhar

Assine a Newsletter

Fique por dentro dos nossos serviços e receba informações sobre cuidados com a saúde.